Quem Escreve

Zao Make up Portugal

domingo, 15 de outubro de 2017

À Conversa com Marta Veloso



Eu: Fala-me da Marta.

Marta: A Marta é uma criança grande. Teve que crescer rápido demais, veio de uma família em que até aos sete anos tudo corria bem, até ao dia que é diagnosticado ao pai uma doença fatal. Este martírio durou até aos meus 15 anos e ainda hoje me influência. 
Perdi pai e mãe no mesmo dia, fui viver com os meus avós, onde fiquei até aos 20 anos altura que já era independente. Trabalhava, tinha a minha casa. Mas, sempre me faltaram estruturas. Alicerces familiares. Não é culpa de ninguém. Sou então frágil e bruta, não tenho filtros, então sou sempre frontal e honesta o que sei que me prejudica e faz com que afaste algumas pessoas, mas não sou boa a fingir. Tenho dois filhos que amo. E cuido dos meus avós. 
Ao contrário do que se pensa não tenho uma vida cheia de glamour, talvez por nunca ter sido uma deslumbrada. O meu maior espanto é apesar de ter tantos defeitos , ainda haver quem goste de mim.


Eu: Então os teus avós foram os teus pais. Que sentes por não ter para ti uma mãe como tu és para os teus filhos?

Marta: Não sinto nada. Claro que me faz falta e fez a vida toda um mãe a sério. A minha avó soube desempenhar o melhor que soube essa função. Não ter uma mãe e um pai, só me ensinou a dar mais e melhor aos meus filhos.



Eu: Conheci-te graças ao teu blog. Foi dos primeiros que segui pelo teu empenho e pelo conteúdo. Que é para ti ser blogger?

Marta: Eu não me sinto blogger. Ser blogger é ter um blogue . Eu sou uma comunicadora que têm um instrumento para comunicar com o mundo. Seja acerca de coisas que gosto como para desabafos, histórias. Ser blogger é ter um blog. Acho que somos muito mais que isso. Somos amigas, influenciadoras," escritoras".


Eu: Tens noção o quanto as pessoas te admiram pelo teu trabalho, pela tua simplicidade e pela amizade que dedicas a cada uma?

Marta: Não. Um dia destes perguntaram me se tinha noção do impacto que tinha na vida das pessoas. Deu me vontade de rir. Eu que todos os dias conto tostões para por comida na mesa, que cuido de avós idosos, de dois filhos, um deles c autismo e outro c problemas de aprendizagem... eu sou igual a toda a gente. Não tenho vergonha de admitir que a minha vida não tem qualquer tipo de glamour.


Eu: Mas és uma lutadora e isso tem muito impacto. Para além do blog tens várias grupos. Um deles de grande sucesso, o "Doidas por Maquilhagem" como sempre o conhecerei. Como surgiu e como cresceu tanto?

Marta: Apercebi me que há 4 anos não existiam muitos grupos ligados a maquilhagem. As beauty bloggers eram poucas. Haviam bloggers de moda, generalistas mas propriamente apenas de beleza poucas. Então criei para que as amantes de beleza pudessem ajudar se umas as outras e as bloggers de beleza também o fizessem. Infelizmente, tenho poucas bloggers de beleza que realmente ajudem no grupo. Usam no apenas para divulgação, não para responder a dúvidas. Mas, em quase 60 mil membros o importante não é o factor blogosferico e sim a interajuda.


Eu: E a página "Eu não sou santa", uma das páginas mais movimentadas, com mais impacto tanto no sexo feminino como no sexo masculino. Talvez uma das maiores páginas do Facebook em termos de interação. Como surgiu e com que intuito?

Marta: Começou por se chamar Im not a Saint .chegou aos 63000 seguidores e foi nos retirada. Denúncias etc.

Eu: Lembro bem disso...

Marta: Tínhamos alcance de mais de 3 milhões de pessoas. Para uma página não patrocinada fez comichão a muita gente.
Mas... Eu sou chata.teimosa. criei outra em outubro passado e já estamos nos 61 mil.
Foi algo criado apenas para me divertir.Agora administro a com amigas porque é o meu maior sucesso. Nunca fiz por isso, mas o formato funciona.


Eu: Funciona mesmo. A verdade é que se respira muito o espírito de entreajuda e de brincadeira entre os membros. É uma página onde se consegue desanuviar depois dos stresses do dia a dia. Não sentes o mesmo?

Marta: Eu morro a rir ali. Especialmente com os consultórios. E os comentários.


Eu: Voltando ao blog "Essenciais por Marta V". Qual a história por detrás do nome do blog?

Marta: Foi o primeiro nome que me surgiu. Criei uma página para me " acompanhar" durante o curso de maquilhagem que estava a tirar. E a página cresceu horrores. Nunca pensei. Depois " exigiram" o blogue. E eu detestei a ideia. Os primeiros posts foram escritos por seguidoras!!! Depois lá aprendi a lidar com aquilo. E agora adoro.


Eu: Não consigo imaginar tu a detestares "a coisa" 😆😆😆

Marta: Odiava. Achava as bloggers uma cambada de chatas convencidas. Algumas ainda acho...


Eu: "Ter um blog tem muitas coisas boas, mas também tem coisas menos boas." Como comentas esta afirmação?

Marta: Ter um blogue só faz sentido se gostares de escrever. E... Se gostares de comunicar. Se tiveres carisma. Se tiveres algo bom para transmitir. A reciprocidade da essenciais é ótima. Mas no eu não sou santa é fenomenal. Ninguém lá está por passatempos, apenas porque realmente gostam é isso... Wow. Sabes que na página da santa recebemos mensagens de pessoas que dizem que se vão suicidar. Ter que lidar com isto é enorme. Põe nos uma responsabilidade nas mãos terrivel.
Felizmente, temos conseguido evitar o pior. Levar as pessoas mais tristes para grupos de interajuda.


Eu: Os amigos da Santa

Marta: Sim. Adiciona los como amigos para saber que há quem se preocupe. Eu não consigo chegar a todo o lado. A minha vida não permite. Então junto os todos. E formam se casais, fazem se amizades... Já temos bebés nascidos por causa da pagina.


Eu: E em relação à blogosfera no geral. Qual a tua opinião?

Marta: Afastei me um pouco da loucura blogosferica. Ou seja, praticamente não vou a blogues. Não por arrogância mas porque não tenho tempo. Gostaria muito de seguir com frequência alguns. Mas só se não dormir...

Eu: Acredito. Eu sou pequenina e sofro desse mal, imagino tu... 

Marta: As bloggers são um meio de imprensa escrita. Devia haver a preocupaçãoo por parte de quem escreve e de quem trabalha com bloggers. Temos desde as bloggers como a Sofia Novais de Paula que apesar de ter uma imagem e interação fantásticas , é genuína. A Teresa Celestino de quem gosto também, escreve muito bem e está "em todas". No entanto é low profile. Também existem aquelas que já estiveram contigo em mil eventos em grupos de quatro e apesar de serem uns amores para o mundo são mal formadas e fingem que nem te vêem. Um cumprimento não fica mal . Snobismos há em todas as áreas mas penso que muitas bloggers se vêem mais como divas, estrelas que como meio de comunicação.



Eu: Em relação ao teu canal. Como surgiu a ideia de criar o canal? Com quem frequência gravas?


Marta: O meu canal é zombie ainda. Mas vai ganhar vida com a santa . Tenho feito diretos na pagina vou passar a fazer os diretos a partir do YouTube.


Eu: Relativamente ao futuro, o que esperas dele?

Marta: Espero paz. Pelo menos é tudo o que quero. O ultimo ano foi muito agressivo em termos de saúde, emocionais.


Eu: Ultimamente os blogs nascem como os cogumelos. Há algum conselho que queiras deixar a quem está a pensar criar um blog?

Marta: Sejam espontaneas. Nao criem um blogue para receber coisas. Não é esse o propósito. Façam no por paixao. Se ao fim de um tempo alguma agencia ou marca vos quiser, contactam-vos. Tentem fazer um layout bonito. Estudar acerca daqyilo que escrevem. Ha muita informação falsa na internet.


Eu: Por último queres deixar uma mensagem para todos os que vão ler esta entrevista?

Marta: Bom... apenas quero dizer que é um privilégio conhecer-te. És uma menina adorável. Uma lutadora. Obrigada Paula.


Podem seguir a Marta em:


Que acharam desta maravilhosa conversa? 
Não acham maravilhoso conhecê-la melhor?

BeijinhoBom






7 comentários:

  1. Gostei muito! Boa entrevista! Eu já sigo a Marta há algum tempo e é notória a transparência dela e a genuinidade! Se não gosta, não finge! É uma grande mulher. Beijinhos às 2!

    ResponderEliminar
  2. Foi muito bom conhecer um pouco mais esta menina
    Beijinhos
    CantinhoDaSofia /Facebook /Intagram
    Wishlist Zaful / Wishlist Rosegal
    Tem post novos todos os dias

    ResponderEliminar
  3. Awesome photos! Great share and read. Keep up the posts, loved checking out your blog.
    Scarlett

    ResponderEliminar
  4. Ai a Marta!! Foi das 1ªs blogers que comecei a seguir e tenho o privilégio de a conhecer pessoalmentr. Adoro! Podia contar várias situações que convivemos mas a que mais me marcou foi um post que escreveu dedicado a mim, não esquecerei nunca!

    ResponderEliminar
  5. ola tudo bem ? Super intrevista , gosto muito de saber um pouco mais das blogueiras que sigo , a Marta é uma grande mulher , muito transparemte , forte e ao mesmo tempo docê foi a mensagem que post me passou. A dica de ter um blog e ser espontaneo sem esperar nada , me serviu como incentivo . Obrigada , Bjsssss

    ResponderEliminar

Deixa o teu comentário. É muito importante para mim saber a tua opinião. Respondo sempre... Vai passando para saberes a resposta.

BeijinhoBom*